Ovodoação

É o procedimento que pode ser utilizado quando a mulher não dispõe de óvulos próprios em quantidade ou qualidade suficientes para a fertilização in vitro. É um processo permitido legalmente no Brasil, desde que seja feito de forma anônima. Mulheres de até 35 anos podem ser doadoras, e qualquer mulher que precise pode ser uma receptora de óvulos. São empregados diversos mecanismos de segurança durante o processo para reduzir o risco de transmissão de doenças contagiosas ou genéticas. A mulher receptora então receberá em seu útero os óvulos doados fecundados com espermatozoides do seu companheiro, podendo acontecer a gravidez. Após o parto,a receptora do óvulo será quem registrará a criança, mesmo não sendo biologicamente relacionadas.

Marque sua consulta

Nome *

Email *

Telefone *

Tipo de consulta *