SUS vira opção para quem tenta gravidez difícil

Para realizar o sonho da maternidade, casais de maior poder aquisitivo têm cada vez mais procurado serviços de reprodução assistida como o do HC/UFMG. Na rede privada, tentativas custam até R$ 20 mil.

Três anos de espera e uma tentativa sem sucesso estão sendo substituídos pela expectativa de que a cegonha chegue em breve à casa da médica Fernanda Gomes dos Reis, de 36 anos. Por lá, o clima é de torcida pelo sucesso da próxima fertilização in vitro, marcada para este mês no Hospital das Clínicas da UFMG, em Belo Horizonte.

Ler artigo completo.

“Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *